Vai à praia? Não beba álcool. Saiba porquê

O sol, a brisa e a calma convidam-no a relaxar...e a beber uma cerveja fresquinha.


É verão e isso é sinónimo de dias longos de praia. O sol, a brisa e a calma convidam-no a relaxar…e a beber uma cerveja ou uma sangria fresquinhas com os amigos.

Mas, mesmo que a vontade de beber álcool seja muita, não o faça quando está exposto ao sol e a altas temperaturas. O álcool pode causar desidratação.

Quando tomamos banhos de sol, o nosso corpo aumenta de temperatura e arranja mecanismos para neutralizar o calor através do suor na forma de água e sais minerais. Se somarmos o consumo de álcool a essa situação, o problema agravar-se-á, pois a desidratação aumenta.

Por que razão ficamos desidratados quando consumimos álcool?

O consumo de álcool inibe uma hormona chamada arginina vasopressina que é responsável pelo controlo e manutenção dos fluidos corporais e, portanto, a capacidade de reabsorver água nos rins é perdida. É por isso que, como esse sistema é inibido, as idas à casa-de-banho são mais frequentes. Por outras palavras, o álcool é uma substância diurética que pode estimular a produção de urina.

Quando ficamos desidratados, não estamos falamos apenas de água corporal, mas na diminuição dos sais minerais, o que pode contribuir para:

  • Cólicas
  • Fadiga e cansaço
  • Dores de cabeça
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Tonturas
  • Alterações de humor
  • Se essa desidratação for prolongada no tempo, pode causar infeções urinárias, prisão de ventre, enxaquecas, entre outros

Hidrate-se na praia com água e fruta. 


Like it? Share with your friends!