Substância no veneno de abelha mata células do cancro da mama em minutos

Uma descoberta inovadora na Austrália.


Um novo estudo revela que o veneno presente nos ferrões das abelhas mata rapidamente as células do cancro da mama. Segundo a Dr. Ciara Duffy, este veneno destrói vários tipos de cancro da mama, até mesmo o tipo triplo negativo, difícil de tratar.

A investigadora usou o veneno de 312 abelhas para o seu estudo sobre células cancerígenas. As abelhas – de Perth, Irlanda e Inglaterra – tiveram o seu veneno testado em cancros agressivos.

O estudo, publicado na revista npj Precision Oncology, descobriu que o veneno da abelha não apenas erradica esses cancros, mas também bloqueia a capacidade de reprodução de uma célula cancerígena. O veneno também contém um composto chamado melitina, que os investigadores dizem que ajuda a erradicar a doença com notável velocidade.

“O veneno era extremamente potente”, disse a cientista do Instituto de Pesquisa Médica Harry Perkins, citada pela Study Finds. “Descobrimos que a melitina pode destruir completamente as membranas das células cancerosas”. Em apenas 20 minutos, a melitina decompõe as mensagens químicas que as células do cancro da mama transmitem para desencadear o crescimento e a divisão celular.

Mais pesquisas precisam de ser feitas para descobrir que tipo de dose é necessária em humanos.


Like it? Share with your friends!