Sim, a ansiedade matinal existe. Conheça as causas

Os sintomas incluem o aumento da frequência cardíaca, respiração rápida ou suores, dores de cabeça e de estômago.


Se acorda preocupado, tenso, irritado ou até em pânico, saiba que pode estar a sofrer de ansiedade matinal – uma das formas pelas quais o transtorno de ansiedade generalizada pode manifestar-se.

Os sintomas incluem o aumento da frequência cardíaca, respiração rápida ou suores, dores de cabeça e de estômago. 

Causas e fatores de risco

O corpo foi construído para lidar com a ansiedade assim que abre os olhos, diz o médico Alex Dimitriu, citado pela Healthy.

“De manhã, o cortisol [hormona do stress] está elevado e tem mais adrenalina e uma frequência cardíaca maior. É isso que desperta as pessoas”, explica. Mas, para algumas pessoas com ansiedade, essa resposta fisiológica torna-se psicológica e os sintomas são muito piores pela manhã do que em qualquer outra hora do dia.

A falta de sono ou de ir para a cama tarde na noite anterior tende a piorar a ansiedade matinal, explicou o profissional. As circunstâncias do dia também podem acentuar os sintomas. “O atraso pode realmente deixar as pessoas ansiosas”, diz. 

A dieta também pode afetar a ansiedade. O que come e bebe logo de manhã pode afetar a forma como se sente no resto do dia. Muita cafeína ou água insuficiente podem fazer com que se senta ansioso. O baixo nível de açúcar no sangue também pode desencadear sintomas de ansiedade.


Like it? Share with your friends!