COVID-19 fez 760 mortos em 24 horas em Itália, quase 14 mil óbitos desde o início da pandemia

A região da Lombardia, a mais afetada, contabiliza 7.960 óbitos. Os dados foram revelados esta tarde pela proteção civil italiana.


Em Itália já se registaram 115.242 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2. Só nas últimas 24 horas contabilizaram-se mais 4.668 diagnósticos.

Ao todo morreram 13.915 pessoas por COVID-19 neste país, com mais 760 óbitos em relação a ontem. Na quarta-feira, registaram-se 727 vítimas mortais. 

A região da Lombardia é a mais afetada de Itália com 7.960 óbitos.

Pelo menos 18.278 pessoas recuperaram da doença, mas 4.053 permanecem em unidades de cuidados intensivos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de 940 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 47 mil. Dos casos de infeção, cerca de 180.000 são considerados curados.

A Europa é atualmente o epicentro da pandemia do novo coronavírus, que provoca a covid-19, com, segundo números de hoje, mais de 508 mil casos de infeção e 34.500 mortos.

Os países europeus mais afetados são Itália, Espanha, com 110.238 casos e 10.003 mortes, e França, com 56.989 casos e 4.032 mortes.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 209 mortes, mais 22 do que na quarta-feira (+11,8%), e 9.034 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 783 em relação à véspera (+9,5%).


Like it? Share with your friends!