Os benefícios dos Frutos Secos para a sua saúde

Ricos em ácidos gordos, vitaminas e minerais. Conheça já os beneficios que os frutos secos, como amêndoas, nozes ou avelãs podem trazer.


Benefícios dos frutos secos

Andam de mão em mão nas passagens de ano, são presença assídua em cocktails e receções e não bolsa ou mochila que não os carreguem para a escola ou o emprego. Falamos dos frutos secos, um dos melhores snacks que se podem ter à mão.

Para além de fonte de desejos ou “mata-bicho” de ocasião (graças ao elevado teor de fibras), estes contêm inúmeras propriedades que se afiguram vantajosas para a saúde. Conheça de seguida, os benefícios dos frutos secos.

Benefício dos frutos secos

Ricos em ácidos gordos, vitaminas e minerais, frutos secos como amêndoas, nozes ou avelãs são bastante nutritivos.

Como a gordura que possuem é insaturada, logo “boa”, eles estão associados a uma redução do colesterol e do risco de problemas cardíacos. Mas os benefícios dos frutos secos não se ficam por aí.

Apresentam um elevado teor em fibra alimentar, importante para a manutenção da saciedade, equilíbrio do trânsito intestinal, estabilização dos níveis de açúcar no sangue e na redução de colesterol sanguíneo.

Têm vitamina E, um potente antioxidante, vitaminas do complexo B, ácido fólico e vários minerais, entre os quais selénio, zinco, ferro, cálcio, fósforo e potássio. Esta combinação micronutricional reduz os níveis de colesterol no sangue ajudando, desta forma, a controlar os fluidos corporais e a estabilizar a tensão arterial.

De igual modo, como apresentam poucos hidratos de carbono e praticamente nenhum açúcar, são um alimento indicado para pessoas que sofram de diabetes de tipo 2.

Contudo, há alguns limites a respeitar quanto à quantidade que devemos ingerir diariamente. O consumo excessivo destes alimentos pode provocar aumento de peso e desregulação a nível gastrointestinal (diarreia, flatulência e inchaço abdominal).

Melhores frutos secos

Nozes

As nozes são um dos frutos secos oleaginosos mais nutritivos pois além de proteínas, hidratos de carbono e lípidos insaturados benéficos para a saúde, contêm minerais como zinco, cobre, potássio, magnésio, fósforo, ferro, cálcio, vitaminas B1, B2, B5 e carotenos.

Os ácidos gordos ómega-3 e a vitamina E presentes nas nozes parecem estimular uma melhor comunicação entre as células nervosas. Assim melhorando a memória, aumentando a concentração, a rapidez de raciocínio e a clareza a nível cognitivo.

São ainda um excelente aliado no combate às doenças cardiovasculares pelo facto de promoverem a integridade das células dos vasos sanguíneos. Deste modo evitam a deposição de colesterol nos mesmos, além de diminuírem a agregação plaquetária e a formação de trombos.

Amêndoas

Constituem uma excelente fonte de vitamina E, magnésio, cobre, ferro, fósforo, fibra alimentar, vitamina B2 e proteínas.

As amêndoas são igualmente ricas em fitoesteróis (que ajudam a reduzir o colesterol) e compostos fenólicos (que lhes confere grande potencial antioxidante).

Pinhões

O pinhão contém ácido linoleico que age como saciante, o que ajuda a diminuir o apetite.

Este alimento apresenta ainda propriedades antioxidantes graças à presença de vitaminas A, B, C, D, E e luteína, um carotenóide essencial para a prevenção de doenças oculares.

Avelãs

Por serem ricas em gorduras insaturadas, têm a capacidade de diminuir o colesterol mau (LDL) e aumentar os níveis do colesterol bom (HDL).

Contêm vitaminas do complexo B, essenciais para desmantelar proteínas, gorduras e hidratos de carbono, facilitando assim a digestão.

As avelãs são ainda ricas em magnésio, essencial para o crescimento e resistência dos ossos.

Pistácios

Muito ricos em ferro e fibra, podem considerar-se um excelente laxante natural. Como fonte  importante de proteínas, antioxidantes e vitamina B6, os pistácios ajudam a reduzir os níveis de colesterol e pressão arterial. Também auxiliam a regular os níveis de açúcar no sangue e têm um papel importante num bom sono.

Amendoins

Contêm resveratrol, um fitoquímico que se destaca pela sua ação na proteção contra a aterosclerose e por isso associado a uma diminuição do risco de desenvolvimento de doenças cardíacas.

Caju

Os antioxidantes presentes no caju ajudam a reduzir os fatores de risco associados à síndrome metabólica e diminui o risco de formação de cálculos biliares.


Like it? Share with your friends!