Dieta Detox: tudo o que precisa de saber

É com o intuito de libertar o corpo destes elementos nocivos que uma dieta detox atua. Fique já a conhecer tudo sobre esta dieta


Por certo já ouviu falar em dietas detox, as celebridades não se cansam em promove-las, mas será que sabe em que consistem?

O nosso corpo é como uma esponja. Toda a comida que consumimos, o tabaco que fumamos ou os medicamentos que tomamos são filtrados pelo nosso organismo que, durante o processo, aproveita os nutrientes que lhe são úteis e expurga aquilo que não lhe faz falta ou lhe causa dano.

Porém, existem toxinas de que o nosso corpo não se consegue livrar e que podem resultar no aparecimento de inúmeras doenças, nomeadamente a nível cardiovascular, hepático e metabólico, ou, simplesmente, contribuir para o excesso de peso e de massa gorda, retenção de líquidos e inchaço.

É com o intuito de libertar o corpo destes elementos nocivos que uma dieta detox atua.

O que é uma dieta detox?

De uma forma muito simples, uma dieta detox consiste no aumento da ingestão de líquidos e alimentos depurativos que promovem a excreção urinária acompanhado de alguns período de jejum e restrição na ingestão de hidratos de carbono e açúcares.

Ao se adoptar um regime alimentar baseado, sobretudo, na ingestão de líquidos, está a dar-se ao sistema digestivo um tempo de pausa e reequilíbrio que permite que a energia gasta na digestão seja direcionada para outras funções e que, no futuro, o sistema digestivo possa absorver melhor os nutrientes.

Apesar de uma dieta detox ser constituída sobretudo à base de líquidos (sumos, batidos ou smoothies), torna-se necessário adaptar o plano desintoxicante de acordo com cada caso específico.

Que alimentos deve consumir?

A dieta detox baseia-se sobretudo na ingestão de produtos naturais, pouco ou nada processados, mas, entre outros, também é permitida a inclusão do peixe e da carne magra, ovo cozido ou escalfado, iogurtes e queijo magro sem lactose ou da gelatina sem açúcar.

Os alimentos desintoxicantes a consumir serão:

  • Fruta Fresca: banana, ananás, frutos vermelhos, maçã, papaia, entre outros;
  • Legumes: cenoura, couves, aipo, coentros, salsa e o gengibre;
  • Cereais: aveia (preferencialmente sem glúten), quinoa, granola, e batata-doce;
  • Sementes: chia, linhaça;
  • Sumos de frutas e legumes naturais;
  • Ervas e infusões (sem teína): cavalinha, centelha asiática, alcachofra;
  • Queijos magros e gelatinas;
  • Frutos secos oleaginosos: nozes, avelãs e amêndoas;
  • Especiarias e ervas aromáticas: em especial a canela e a hortelã-pimenta;
  • Bebidas vegetais alternativas ao leite: bebida de amêndoa, aveia, arroz.

Recomendações

Crianças, adolescentes, mulheres grávidas ou que estão a amamentar, os doentes renais, os doentes imunodeprimidos, os diabéticos e as pessoas que tomem vários fármacos não devem seguir uma dieta detox.

Apesar de não ser interdita a atletas, nestes casos uma dieta detox significa a perda das reservas de hidratos de carbono, a forma de combustível privilegiada pelo organismo durante os treinos.

Outra das recomendações prende-se com a sua duração. Uma vez que implica uma perda calórica significativa, a dieta detox deverá ser sempre de curta duração e ser acompanhada de um estilo de vida saudável que contemple a prática de exercício físico.

Por mais úteis que estas recomendações lhe possam ser, antes de começar uma dieta detox deve sempre consultar um nutricionista ou profissional de saúde.

Vantagens e desvantagens de uma dieta detox

Vantagens

  • Diminui as dores de cabeça e enxaquecas;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Reduz a celulite.

Desvantagens

  • Prisão de ventre;
  • Fraqueza;
  • Picos de fome;
  • Humor instável.


Like it? Share with your friends!