Como aumentar a vitamina D com hábitos e alimentos saudáveis

A vitamina D é uma das vitaminas lipossolúveis essenciais para a formação dos dentes e ossos, bem como para a absorção do cálcio do intestino, muito necessária ao bom funcionamento do aparelho locomotor.


Embora seja essencial manter sempre bons níveis de todos os minerais, vitaminas e nutrientes, numa altura de pandemia é importante reforçar ainda mais o consumo de vitamina D, que pode ser determinante na gravidade da Covid-19.

A vitamina D é uma das vitaminas lipossolúveis essenciais para a formação dos dentes e ossos, bem como para a absorção do cálcio do intestino, muito necessária ao bom funcionamento do aparelho locomotor.

Quando se trata de saber por que meios podemos obter a vitamina D, encontramos duas formas: com alimentos e com exposição direta ao sol, sendo que a maneira mais eficaz é a segunda.

Ainda assim, devemos incluir a vitamina D regularmente na nossa dieta. Falamos de alimentos como a anchova, que contém 11,8 microgramas desta vitamina por 100 gramas, do atum (7,2 microgramas por 100 gramas) ou truta (15,7 gramas de 100 gramas). Além destes peixes podemos incluir o salmão (8 microgramas por 100), a cavala (4 microgramas) ou a dourada (14 microgramas).

Longe do mar podemos encontrar vitamina D na manteiga (0,70 microgramas por 100 gramas), fígado (carne de porco tem 2,2 microgramas por 100 gramas, frango 1,3 microgramas e vaca 1,2 microgramas) e ovos (1,77 microgramas por 100 gramas).


Like it? Share with your friends!