Comer mais proteína vegetal reduz risco de morte por qualquer causa

Estes são os resultados de um estudo publicado no The BMJ.


Uma nova pesquisa, publicada no The BMJ, mostra que dietas ricas em proteínas vegetais podem ajudar a manter os níveis de pressão arterial, colesterol e açúcar no sangue sob controlo, reduzindo o risco de morte.

Estudos anteriores já haviam demonstrado que dietas ricas em proteínas vegetais, como leguminosas (feijões e lentilhas), frutos secos, entre outros, reduzem o risco de diabetes, doenças cardíacas e derrame. No entanto, é menos claro se e como as dietas ricas em proteína estão relacionadas com a morte e com a longevidade.

Assim, investigadores no Irão e nos Estados Unidos colaboraram num projeto que examinou a ligação entre a ingestão de proteínas e o risco de morte. Eles estudaram as mortes em geral e as mortes devido a duas causas específicas – doenças cardiovasculares e cancro. Os cientistas encontraram 32 estudos, examinaram-nos e usaram modelos matemáticos para encontrar uma correlação.

A equipa internacional diz que o alto consumo de proteínas realmente reduz o risco de morte. A proteína vegetal, em particular, contribui para uma redução de 8% no risco de morte por qualquer causa e 12% no risco de morte devido a doenças cardiovasculares. 


Like it? Share with your friends!