Dicas de pós-treino para obter melhores resultados. Comece já hoje!

O Urban Sports Club explica a importância de fazer um pós-treino o mais correto possível.


O verão é sinónimo de alguns excessos, especialmente no que toca à bebida e à comida. As férias, as idas à praia e as esplanadas apelativas também não favorecem a prática de exercício físico. Mas independentemente da altura do ano e da intensidade com que treina, há algo que nunca pode ser negligenciado: o pós-treino que, segundo o Urban Sports Club, é essencial para o alcance de resultados estáveis e duradouros.

É por isso que, em comunicado, o Urban Sports Club partilha algumas dicas para fazer um pós-treino o mais correto possível. Os conselhos que se seguem são da sua autoria:

Alongar

O aquecimento e o arrefecimento são essenciais na prática de exercício físico. Manter esta rotina não só reduz o risco de lesões, como também é essencial para um treino eficaz e seguro. Alongar após o treino é uma boa forma de acalmar e baixar o ritmo cardíaco, permitindo que o corpo relaxe lentamente. Além disso, os exercícios de alongamento soltam os músculos, o que ajuda a prevenir lesões e reduzir o risco de dores musculares e tensões. No entanto, é importante evitar o alongamento pós-treino caso tenha sido intenso e de força. Os microtraumas nos músculos resultantes do treino podem piorar, atrasando o processo de recuperação e podendo originar problemas maiores. O ideal é que a rotina de alongamentos e aquecimento seja específica para cada tipo de treino.

Manter uma alimentação saudável, equilibrada e variada

Um bom treino exige muito do corpo e queima calorias. Não comer após o treino dificulta o fornecimento necessário de nutrientes e minerais para o corpo. Consequentemente, pode colocar em causa a regeneração muscular. Por outro lado, um treino intenso não é um bilhete grátis para comer uma pizza gordurosa. Nem um enorme pedaço de bolo de chocolate. Essa não é a forma correcta de compensar as calorias perdidas. Alimentos ricos em gorduras saturadas e açúcares vão desfazer todo o trabalho árduo do treino. Após o treino, o corpo necessita de vitaminas e proteínas suficientes para reconstruir os músculos.

Se o praticante tiver feito treino de peso, então é importante comer alimentos ricos em proteínas, visto que os músculos necessitam das mesmas para crescer. Se o objectivo é melhorar a resistência também é importante ingerir proteínas, e não esquecer os hidratos de carbono saudáveis, tais como batata doce, arroz integral, ou quinoa, que são uma óptima forma de repor as reservas energéticas.

Tomar banho logo após o treino

É importante o acto de tomar banho logo após o treino, especialmente em tempos de Covid-19, a higiene e a segurança são ainda mais importantes. Os chuveiros e as instalações sanitárias dos ginásios e estúdios só podem ser utilizados parcialmente. Assim sendo, é importante organizar a rotina desportiva de forma a que se consiga ir a casa ou ao trabalho logo após o treino para tomar banho. O suor na pele faz com que as bactérias se formem mais rapidamente, o que pode causar entupimento dos poros e criar impurezas. Isto também se aplica às mulheres que praticam desporto maquilhadas. O ideal é ter a pele completamente limpa e livre de qualquer produto, para que possa respirar à vontade e para que os poros transpirem o necessário, sem obstáculos. Para além disto, um banho pode ajudar bastante na recuperação muscular e arrefecer.

Dormir bem

Quem treina a dar tudo e leva o corpo até ao limite deve fazer pausas regulares para a regeneração muscular. Grande parte da reparação e regeneração do nosso corpo acontece enquanto dormimos. É aqui que novos padrões de movimento das rotinas de treino são cimentados e ‘memorizados’ pelos músculos. Para além disso, o sono ou a falta dele, têm um impacto incontornável na performance de treino.


Like it? Share with your friends!