Afinal, o que é o core e por que razão é tão importante ser trabalhado?

O grupo de músculos que circunda o centro de gravidade do nosso corpo é chamado de core.


Core é uma palavra em inglês que significa precisamente núcleo ou centro. Embora seja uma área relativamente pequena, é composta por vários músculos: os principais são o transverso, oblíquo interno e oblíquo externo, recto abdominal, multífidios, quadro lombar, glúteo médio, glúteo maior, glúteo menor, músculo pelvitrocantéreo. 

Esses músculos são os estabilizadores do corpo e, como tal, estão envolvidos em quase todas as suas ações. Permanecem ativos tanto na posição em pé quanto na posição sentada, na flexão da cintura, assim como na lateral. Segundo a abc, uma boa tonificação do core promove o equilíbrio e melhora a postura. Além disso, esses músculos também são responsáveis por sustentar os órgãos internos que estão alojados no tronco.

Mas a sua importância vai além da estabilidade, já que está envolvida em funções como a respiração, com o trabalho do diafragma. A acrescentar, esses músculos estão envolvidos na digestão, na qual o diafragma e o transverso são importantes para a compressão e descompressão abdominal, auxiliando na movimentação dos alimentos através do intestino e na expulsão dos resíduos.

A contração e relaxamento do core favorecem ainda a distribuição do sangue pelo corpo. Os músculos que circundam o centro de gravidade do nosso corpo também devem ser fortes para controlar as pressões que são produzidas no corpo ao espirrar ou tossir para evitar inconvenientes como perda de urina. 


Like it? Share with your friends!